Relacionamentos

Fiquei solteira e agora?

Outro relacionamento que terminou e mais uma história que teve seu fim, como tudo no começo é um pouco complicado, a rotina vai mudar e os hábitos serão outros, ela tá se acostumando com os novos ares e tentando desapegar das coisas que antes eram “normais”, o bom dia no whatsapp, a intimidade que eles tinham os segredos que dividiam e por aí vai.

Mas ok, ela não vai ficar se lamentando aqui, até porque se tem uma coisa que ela tem nessa vida são amigos e pessoas do bem ao seu lado. Eles jogaram ela pra cima, a fizeram enxergar seus valores e características que talvez há muito tempo ela não os reconhecia. Ela confessa que os primeiros dias após o fim de um relacionamento não são fáceis. É difícil começar a desapegar de quem por tanto tempo esteve ao seu lado. As lembranças ainda retornam facilmente, por vezes ela se pega olhando as fotos e o choro acaba sendo inevitável. Ela precisa seguir em frente, focar no trabalho e voltar a estudar também, ocupar-se para evitar qualquer pensamento que a remeta a ele.

Ela precisa conhecer lugares e pessoas novas, fazer um happy hour com os colegas de trabalho, visitar uma amiga que não vê há anos, curtir mais sua família, correr no parque, tomar um chopp com um amigo, experimentar um esporte novo, aprender uma nova língua, se jogar nas coisas que ela acabou esquecendo e que estava sempre sem “tempo” para realizar. É importante lembrar que ela está solteira e não sozinha, o amor próprio nessa hora é mais importante do que nunca, e ela sabe disso.

Quem sabe ela corta o cabelo? Experimenta um prato novo? Vai a um show de rock? Pinta as unhas da cor que nunca pensou em pintar? Conhece o deserto? Vai a um jogo do time dela que faz anos que ela não vai? Ou também vai em uma festa até o amanhecer e depois curtir aquele domingo de ressaca? Fazer uma trilha? Andar a cavalo? Assistir um por do sol em um lugar diferente? Lavar a alma com um banho de mar? Voltar a assistir sua série preferida? São tantas coisas ainda que ela não fez e que agora mais do que nunca despertou a vontade e ela vai fazer sim.

Ela sabe que o mundo não acabou que os relacionamentos duram o tempo necessário e quando terminam o melhor que se tem a fazer é cada um seguir sua vida. Para que guardar mágoas e sentimentos ruins? A vida está aí é aqui e agora, ela não pode perder tanto tempo lamentando o “motivo do fim”, mas sim o começo de um novo ciclo, tudo tem um fim, vai dela saber seguir em frente e acreditar no dia seguinte, por isso ela vive o hoje e o agora, e já tem planos para amanhã.  Ela não perdeu nada, continua sonhando e acreditando no amor, mas por enquanto ela quer curtir os momentos e histórias que ainda não viveu.

 

Juliana Pereira